POA: Cucina in Prosa promove jantar surpreendente no Lorita

0
587
O time que fez acontecer o jantar mais inusitado dos últimos tempos! Andréa Schein, Betina Mariante Cardoso e Roberta Gomes

Projeto liderado pela pesquisadora Betina Mariante Cardoso testou na prática conceitos trabalhados em aula sobre as relações humanas e a gastronomia.

Encabeçado pela pesquisadora Betina Mariante Cardoso, o Cucina in Prosa aborda a relação entre os seres humanos e o ato de cozinhar e comer através de encontros que misturam o teórico e o prático.

A noite no restaurante Lorita, uma das etapas do projeto, foi uma reunião para celebrar o conceito da comensalidade e do partilhar. A Chef Roberta Gomes, do Lorita, foi convidada por Betina para representar esses conceitos através da comida. Roberta criou uma noite recheada de mistério e experiências gastronômicas surpreendentes.

Tomates Confitados com Purê de Aipim, servido para compartilhar.

A provocação para algo diferente e inovador se deu ao longo de todo jantar, desde a arrumação das mesas que ficou a cargo dos próprios convidados até a forma como os pratos foram servidos, em número menor do que o de convidados sentados à mesa, provocando o ato da partilha entre os comensais.

Para encerrar com chave de ouro, a pâtissier Andréa Schein (Déa Macarons) foi convidada para partilhar a criação da sobremesa feita diretamente na mesa, sem pratos para servir. Inspiradas no premiado Chef americano Grant Achatz, a montagem da sobremesa ao vivo na frente dos clientes foi um verdadeiro espetáculo. Enquanto a música tocava alto, as duas Chefs movimentavam-se em torno da mesa criando arte a partir de doces, cremes e macarons. Minutos depois os espectadores foram convidados a se servirem e se deliciarem no que antes era apenas uma mesa branca no jardim.

A montagem da sobremesa: diretamente na mesa, ao vivo com os olhares maravilhados dos clientes.

O projeto Cucina in Prosa segue até dezembro e uma nova etapa já está prevista para janeiro devido ao grande interesse do público. Inscrições e informações podem ser obtidas pelo email bemariante@gmail.com.

Quer saber mais sobre o projeto da pesquisadora Betina? Confere a matéria completa nesse link aqui: http://famintas.com.br/tag/cucina-in-prosa/

 

Sobre Betina:

Betina Mariante Cardoso é psiquiatra e especialista em Psicoterapia de Orientação Analítica (CELG-2006), também Mestre em Psiquiatria (UFRGS-2008) e Mestre em Teoria da Literatura (PUCRS-2016). Foi durante a dissertação de mestrado cujo tema foi a cozinha como espaço físico e simbólico na literatura brasileira contemporânea que Betina começou a imaginar que poderia trabalhar com o tema em um projeto mais amplo, extrapolando os muros acadêmicos.

O interesse pelo assunto surgiu em 2011, com a leitura de temáticas em  ‘Food Studies’ – como são chamados no exterior os temas que abordam a relação entre cozinha e humanidades. Depois veio a inauguração do Blog ‘Serendipity in Cucina” e do livro “Pequeno Alfarrábio de Acepipes e Doçuras”, em 2012. A pesquisa sobre os sabores e raízes gastronômicas da província de Girona, na Catalunha, desde 2014, também somou conhecimentos para que Betina desse então início ao projeto Cucina in Prosa. Em 2017, a pesquisadora  ingressou como aluna nas atividades do CIAS (Centro Italiano do Analisi Sensoriale), tendo realizado o curso de fundamentos em Análise Sensorial de Vinhos, promovido pela instituição italiana com atividades também em Porto Alegre.

Facebook Comments

Compartilhe: