Clean Label: 5 coisas que você precisa saber sobre a nova tendência nutricional

0
903
Clean Label propõe rótulos acessíveis - Crédito Foto: Divulgação
Clean Label propõe rótulos acessíveis - Crédito Foto: Divulgação

Facilitando a vida de nós, famintos e famintas, a tendência do clean label traz o conceito de rótulo limpo nas prateleiras!

Nos últimos anos têm crescido a nossa busca por um lifestyle saudável, com mais qualidade de vida e maiores benefícios nutricionais no que comemos. De certa forma isso tem movimentado a indústria alimentícia para oferecer cada vez mais produtos 100% naturais. Dessa demanda, gerou-se uma nova tendência nutricional: o Clean Label (rótulo limpo).

O movimento surgiu da necessidade de reconhecer os ingredientes de cada produto (sem “esconder” nada ou sem aqueles nomes super complexos). Assim, a gente sabe exatamente o que está ingerindo!

Vamos aos pontos principais que nos ajudam a entender direitinho como funciona, com ajuda da Sandra Bérard, gerente de marketing da Tia Sônia.

1 – O que é um alimento clean label?

São produtos 100% naturais, livres de transgênicos, sem conservantes, acidulantes, corantes, aromatizantes, realçadores de sabor, antioxidantes, entre outros aditivos químicos prejudiciais, e que tenham informações claras sobre os ingredientes utilizados, descritos no rótulo de forma que o consumidor entenda exatamente sua composição.

2 – Quais são as diretrizes da formulação do produto clean label?

Não existe uma definição de Produto Clean Label pela ANVISA, porém há 3 diretrizes básicas que devem ser seguidas para que um produto possa ser classificado como Clean Label: produto 100% natural (ingredientes devem ser de origem natural), lista de ingredientes curta e simples (os poucos ingredientes presentes precisam ter nomes comuns, facilmente identificáveis pelo grande público) e minimamente processados (produtos que sofreram poucas transformações).

3 – Por que consumi-los?

Esses produtos não possuem adição de corantes e aromas sintéticos, são naturais, saudáveis e muitas vezes funcionais, além de conter transparência nas informações contidas no rótulo. Assim, pessoas celíacas, veganas, diabéticas, com intolerância à lactose ou as que buscam por uma alimentação natural são atendidas pelos produtos.

4 – Como identificar?

Ainda não existe um selo específico para os produtos Clean Label, mas a identificação é simples, já que os ingredientes dos alimentos com rótulo limpo são poucos e naturais. Se no rótulo conter uma lista extensa e indecifrável de ingredientes, esse produto não será Clean Label.

5 – Como posso utilizá-los na minha alimentação?

Acrescentar esses produtos no cardápio diário é simples, basta substituir aqueles alimentos que apresentam conservantes e aromatizantes presentes em sua composição. Mas é importante ressaltar que mesmo os produtos Clean Label devem ser consumidos moderadamente, conforme as informações nutricionais e porções descritos em seu rótulo.

Com certeza nossa ida ao mercado fica muito mais fácil com produtos assim, né? Vamos torcer para que cada vez mais marcas adotem esse modelo!

Compartilhe:

Deixar um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu e-amil