Onde comer no Bom Fim: um passeio pela rua Bento Figueiredo

0
381
Bárbaros
Bárbaros. Crédito Foto: Divulgação

Com apenas uma quadra de extensão, nos últimos anos essa ruazinha tem sido palco de feirinhas e eventos de rua graças aos diversos estabelecimentos gastronômicos, dos mais variados tipos, que abriram por ali. Por isso, preparamos um roteiro completo para você saber onde comer e beber na Bento Figueiredo!

Reduto boêmio da cidade durante os anos 80 e um dos bairros mais queridos dos porto-alegrenses, o Bom Fim continua sendo casa de vários locais tradicionais da capital, como a Lancheria do Parque e o Ocidente. Mas, ultimamente, novos estabelecimentos têm inaugurado na região, inclusive numa pequena rua que conecta a Felipe Camarão com a Ramiro Barcelos: a Bento Figueiredo.

Vamos passear por ali? Vem com a gente!

Cronks
Começamos nosso roteiro pela Felipe Camarão onde, bem em frente à Bento Figueiredo, encontramos uma das mais tradicionais sorveterias de Porto alegre, a Cronks. Desde 1986, a sorveteria, que produz seus próprios sorvetes, é parada obrigatória após um passeio pela Redenção.

A casa funciona como buffet self-service e também com um cardápio de composições em taça. São mais de vinte sabores, incluindo linhas sem lactose e sem açúcar. As coberturas e toppings são super variadas, para alegrar todo mundo. Além disso, a Cronks funciona como cafeteria e bistrô. Representando a cultura judaica da região, servem um prato de falafel delicioso! 

Sorveteria Cronks
Sorveteria Cronks. Crédito Foto: Lygia Skowronski

Cronks
Rua Felipe Camarão, 611
Segundas, das 14h às 19h30, de terça a sexta das 9h às 20h
Sábados, das 9h às 19h e domingos, do meio-dia às 19h
@cronks.sorvetes

Cumbuca
Atravessando a rua, bem na esquina da Felipe com a Bento, fica a Cumbuca, uma padaria artesanal muito boa. A casa foi aberta em 2011 como um bistrô que servia todos os pratos em cumbucas super fofas. Em 2015, teve início a produção artesanal de pães – o que acabou modificando totalmente o conceito do lugar.

Hoje, são mais de vinte variedades de pães, como multigrãos, baguete, rústico com nozes, integral e australiano. Depois da ampliação da cozinha, o bistrô que virou padaria é também confeitaria. Saem de lá bolos, croissants, brownies, pães de queijo, pães doces, cucas e tortas. As opções de almoço ainda são servidas em cumbucas e os combos de café da manhã são deliciosos. Além disso, há várias opções de sanduíches com os pães da casa. Nossa dica é o italiano (pão colonial prensado com requeijão, salame italiano e queijo colonial), imperdível!

Cumbuca, paradaria artesanal
Cumbuca. Crédito Foto: Divulgação

Cumbuca
Rua Felipe Camarão, 594
De segunda a sexta, das 8h30 às 19h30 e sábados, das 8h30 às 19h
@cumbucapadaria

El Churrero

El Churrero
El Churrero. Crédito Foto: Reprodução @ladogordo

Pertinho dali, já na Bento Figueiredo, fica o El Churrero, um cantinho especializado em delícias uruguaias como panchos, empanadas e, claro, churros! Funcionando desde 2014, o espaço oferece os tradicionais churros com dulce de leche, mas também sabores especiais do dia, como goiabada, nutella e até cream cheese! É a certeza daquele churros sequinho, crocante, quentinho e bem recheado!

Lá também é possível provar panchos, empanadas, cafés especiais e cervejas uruguaias. O lugar pequenininho é cheio de charme e são tantas delícias que fica difícil escolher!

El Churrero
Rua Bento Figueiredo, 26
De terça a sexta, das 15h às 21h
Sábados e domingos, das 15h às 20h
@elchurrero_sabor_uruguaio

Von Teese
Bem ao lado do El Churrero fica o bar com temática burlesca Von Teese, que homenageia Dita Von Teese no nome, célebre artista da área. O bar de drinks também é circo, tenda esotérica e casa de chá. Com uma decoração encantadora e surpreendente, em uma antiga casa da rua, o Von Teese foi aberto em 2015 e tem uma agenda cultural super movimentada, com eventos toda semana.

No cardápio, diversos drinks com inspirações divertidas, inclusive um que é servido em um bule (bubbles) e comidinhas para compartilhar. Além disso, leitura da borra do café (nas terças), de tarot (nas quartas) e mapa astrológico (nas quintas)!

Von Teese Bar
Von Teese. Crédito Foto: Divulgação

Von Teese
Rua Bento Figueiredo, 32
De terça a sábado, das 18h à meia-noite
@vonteesebar

Vermelho 23
Atravessando a rua fica um antigo pub da cidade que hoje funciona só como restaurante na hora do almoço, o Vermelho 23. Opção super em conta para quem precisa almoçar pelas redondezas, o local oferece um buffet livre por um preço bem justo e com gostinho de comida caseira.

Super simples, o Vermelho 23 ainda guarda os ares de quando era bar e funcionava à noite. A clientela fiel, que frequenta o estabelecimento há anos, varia entre todas as idades e tribos. O cardápio depende do dia da semana e conta com ampla variedade de pratos quentes, saladas e sobremesas, inclusas no buffet. 

Vermelho 23
Rua Bento Figueiredo, 23
De segunda a sábado, das 11h às 14h45

Lagom
Voltando para o lado esquerdo da rua, em direção à Ramiro, fica uma das primeiras cervejarias artesanais de Porto Alegre. O Lagom Brewery Pub é um local aconchegante, escurinho e com uma pegada viking, que funciona desde 2010 ali na Bento. Lagom é uma palavra sueca sem equivalente exato na língua portuguesa, que significa algo como nem pouco, nem demasiado; na medida certa, o equilíbrio perfeito. 

Essa é uma ótima definição para o espaço que tem 12 torneiras de cervejas próprias e convidadas. Além disso, o cardápio conta com comidinhas de boteco deliciosas. A dica é visitar o Lagom no “clube de segunda”, dia da semana em que todas as cervejas ficam com um preço especial. Nesse dia, a casa só aceita pagamento em dinheiro; no restante da semana, é possível pagar com cartão.

Lagom
Rua Bento Figueiredo, 72
De segunda à sábado, das 18h às 23h
@lagombrewerypub

Vaca

Vaca
Vaca. Crédito Foto: Divulgação

Ao lado do Lagom fica o estabelecimento mais jovem da quadra. Inaugurado em 2017, o Vaca é um bar campeiro que tem como objetivo, tanto na decoração quanto no cardápio, trazer uma memória não só do campo, mas também da casa da vó. Local super aconchegante, o bar também abre ao meio-dia com opções muito saborosas para o almoço.

O cardápio é todo inspirado na cultura gaúcha. Para comer, a carne é de gado criado solto, mas há também opções vegetarianas. Para beber, drinks autorais, chamados de tragos campeiros. Utilizando ingredientes locais, os nomes são uma graça: tem o Ana Terra, o Cusco (nosso favorito) e o Minuano, por exemplo.

Vaca
Rua Bento Figueiredo, 78
De segunda à sábado, do meio-dia às 14h30 e das 18h às 23h30
@vacapoa

Bárbaros

Bárbaros
Bárbaros. Crédito Foto: Divulgação

Finalmente estamos chegando na Ramiro Barcelos. E é lá, em frente à rua Bento Figueiredo, que fica o último bar do nosso roteiro, o Bárbaros. Mistura entre bar e loja, o local conta com cerca de 80 rótulos de cervejas nacionais e internacionais, além de 8 torneiras com cervejas artesanais locais. Inspirado na cultura nórdica, o objetivo é celebrar e propagar a cultura cervejeira. 

O Bárbaros, que funciona desde 2014, abre todos os dias, inclusive no domingo, e conta com uma programação musical bem boa. Além das ótimas cervejas, todas as noites eles recebem um food truck diferente que estaciona em frente ao bar. É uma comidinha melhor que a outra! Confira a agenda nas redes sociais do bar. 

Bárbaros
Rua Ramiro Barcelos, 1792
Todos os dias, das 16h à meia-noite
@barbaros_cerveja_especiais

Ufa! Chegamos ao final do nosso passeio. Realmente, para apenas uma quadra de extensão, é muita opção em uma mesma rua, não é? E o melhor, as opções são ótimas! Já provamos, e aprovamos, todos os pontos do roteiro e agora é a sua vez de nos dizer qual cantinho da Bento Figueiredo você prefere!

Compartilhe:

Deixar um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu e-amil